28 jun 2015

Por em Artigos, Campeonato Brasileiro, Campeonatos, Destaque | Seja o Primeiro a Comentar!


Pessimismo renovado. Coritiba 1 x 0 Cruzeiro 28/06/2015 Campeonato Brasileiro

Pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro enfrentou o Coritiba no Couto Pereira e perdeu mais uma na competição. Coritiba 1 x 0 Cruzeiro.
Coritiba 1 x 0 Cruzeiro (Foto: Superesportes)

Coritiba 1 x 0 Cruzeiro (Foto: Superesportes)


Pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro foi à Curitiba para enfrentar o Coxa, com o intuito de apagar a mancha da derrota diante da Chapecoense, pela última partida da competição. Com a volta de Arrascaeta, que estava vestindo a camisa da seleção uruguaia na Copa América, a esperança de um bom jogo no Couto Pereira era grande. Porém, mais uma vez, a má gestão do clube e péssimas atuações entraram em campo para que o time da casa pudesse vencer por 1 a 0 e deixar o Cruzeiro beirando a zona de rebaixamento.

Difícil dizer que o Cruzeiro entrou em campo na tarde deste domingo. Da defesa ao ataque, erros infantis fizeram dos 90 minutos de jogo, uma lambança. Mesmo diante de um adversário fraco, Henrique não conseguia acertar passes, Willian, apesar de lutar no meio de campo, não acertava uma finalização sequer, nem mesmo Damião conseguia dominar uma bola e fazer o seu papel de centroavante.

E dessa vez, não adiantava olhar para o Luxemburgo. Não temos peças, não temos opção. Para início de conversa, precisamos de uma equipe principal que honre a qualidade que tanto dizem ter e que lutem, que tenham vontade de vencer. Falta muito para esse Cruzeiro chegar num ponto em que ao menos o otimismo com o clube seja presente, mas o buraco é mais embaixo.

O massacre só não foi consolidado porque enfrentamos uma equipe que, da mesma maneira, não produzia e nem mesmo causava muito perigo ao time adversário. Porém, o pessimismo também caminha para esse lado. Nem mesmo contra um time sem muita qualidade, conseguimos arrancar uma vitória, apesar de termos jogado fora algumas oportunidades, como a bola do jogo em que Willian não conseguiu alcançar de maneira ideal e mandou para fora.  Hoje, nem mesmo o horário podia ser uma desculpa para a derrota.

Estamos diante de um Cruzeiro que apesar de ter bons nomes entre os titulares, não consegue assustar o adversário, muito menos impor seu ritmo de jogo dentro de campo. Um Cruzeiro que nitidamente precisa de peças de reposição mas tem uma diretoria que passa longe da proatividade e do profissionalismo que víamos nos últimos dois anos. Um Cruzeiro que, tendo alguma baixa na equipe principal, não tem peças no banco de reservas que possam substituir à altura. O que esperar para o restante da temporada?

Ficha de Coritiba 1 x 0 Cruzeiro

Coritiba
Bruno; Rodrigo Ramos, Luccas Claro, Leandro Silva e Henrique; Hélder, Thiago Galhardo (Rodolpho), Lúcio Flávio e Esquerdinha; Marcos Aurélio (Paulinho) e Kleber (Rafhael Lucas)
Técnico: Ney Franco

Cruzeiro
Fábio; Mayke, Manoel, Paulo André e Pará; Willians, Henrique, Allano (Allano), De Arrascaeta e Willian (; Leandro Damião (Henrique Dourado)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Gols: Rafhael Lucas, aos 16’ do segundo tempo
Estádio: Couto Pereira
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Rafael da Silva Alves (RS)
Cartões amarelos: Leandro Silva, Lucas Claro, Rodrigo Ramos, Lúcio Flávio e Esquerdinha (Coritiba); Allano, Henrique, Paulo André, Marcos Vinicius e Willians (Cruzeiro)


Cadastre-se!

Assine nossa newsletter e seja o primeiro a saber sobre as notícias do Cruzeiro.
Informe seu e-mail no campo abaixo e cadastre-se! Saudações celestes!


Gustavo Vaz

Olá, meu nome é Gustavo Vaz, sou estudante, e nas horas vagas escrevo sobre o Cruzeiro, há quase 5 anos. Utilizo dos textos para expressar minhas opiniões aliadas à minha paixão pelo maior de Minas.